Menu

A Maldição de Long Lankin

Um thriller de terror baseado numa canção folclórica, no melhor estilo A Lenda do Cavaleiro Sem Cabeça. Livro de estreia da escritora Lindsey Barraclough, A Maldição de Long Lankin é um passeio por uma daquelas histórias de terror folclóricas, que se originam como contos de terror (ou baseadas em eventos ruins, ou criadas para ensinar lições), e aos poucos vão se destilando pela cultura popular e acabam se imortalizando como cantigas infantis.

A trama se passa em 1958 e conta a história de duas irmãs que são enviadas para a casa da tia-avó Ida, no vilarejo de Bryers Guerdon. Chegando lá as crianças não são bem recebidas pela velha e anseiam em voltar para Londres, o que elas não sabem é que por de trás da antipatia de Ida, existe uma velha lenda local relacionada à família e a existência de uma bizarra criatura em busca de vingança.

A trama é baseada numa canção folclórica tradicional da língua inglesa, que fala da morte de uma mulher e seu filho pelas mãos do tal Lankin – que possui diversos nomes nas variadas versões da canção – e possui versões nos EUA, Inglaterra e Escócia. O clima de mistério permeia toda obra e apesar de se passar na década de 50, o vilarejo rústico e o clima folclórico sugere a atmosfera mágica de um típico horror medieval.

A trama segue todas as regras de um bom horror medieval: famílias tradicionais cheias de segredos, lugares abandonados e proibidos – como aquela velha igreja no topo da colina… – e mistérios sobrenaturais que recaem sobre todos os moradores, transformando o passado em algo que não deve ser tocado. O livro de estreia de Lindsey Barraclough, tem uma narrativa rápida e direta, não deixa espaço para enrolação, a escritora conduz bem uma história daquelas de gelar a espinha, boa para se ler em um dia chuvoso.

A escritora consegue permear bem o clima entre: a investigação feita pelas crianças, agora cientes de Long Lankin, através do passado do vilarejo e da memória de moradores locais, que tentam esquecer terríveis eventos a muito ocorridos; e os momentos de horror passados na presença da estranha criatura do pântano, criando excelentes cenas que conduzem ao clímax.

O gênero de terror na literatura apesar de repleto de títulos, é escasso no que se diz respeito à estilos, alguns escritores imortalizam seu jeito de escrever fazendo dele um estilo próprio, enquanto outros nichos tem poucos representantes e é difícil achar algo sobre o assunto. A Maldição de Long Lankin preenche um desses nichos pouco explorados, o “horror folclórico” e anda de mãos dadas com o gótico, flertando com as histórias de terror medievais, sem apelar para violência, terror gratuito ou para a maldade humana.

 

Título Original: Long LankinFlecha-4_5

Autor: Lindsey Barraclough

Ano: 2013

Páginas: 448

 

Italo
Graduando em Biologia pelo amor às variadas formas de vida e suas estratégias de sobrevivência, tenho prazeres simples como ouvir a chuva ou observar o céu noturno. Fã de música, filmes e jogos em geral, minhas maiores viagens são pelas folhas de um bom livro.

Parceiros

Video em Destaque

Nintendo Switch