Menu

All Star Superman – Parte 3 – “Funeral em Smallville”, “Mim Ser Bizarro” e “Nós fazer o Oposto”

Vamos respirar um pouco.

superman-squad

A Tropa Superman – Pensa numa tropa foda.

 

Depois de um LOOOOONGO tempo, retorno com a parte 3 desse review/resumo (vida na faculdade, vida pessoal, natal e ano novo causam atrasos).

Uma viagem no tempo de vários Superman de vários séculos adiante, e uma história tocante.

Funeral em Smallville

Começamos com o pai adotivo do Superman, Jonathan Kent conversando com o jovem herói (provavelmente ainda era apenas um Superboy) abrindo o coração dizendo que eles eram pessoas tristes pois Martha Kent não podia ter filhos, frustrados eles pediram a Deus para terem a oportunidade de terem um filho, onde ele diz que algumas noites depois, Kal-El veio dos céus e foi considerado um milagre pelos casal de velhinhos. Neste momento, Krypto, o Supercão, cai dos céus para a alegria do herói. Ele corre para brincar com o cão e nisso, o Jonathan da sinais que não tá legal, ele sente uma dor no peito. Então, já na fazenda dos Kents, um estranho chega para ajudar na colheita, como de praxe, é recebido de braços abertos pela família, e no dia seguinte somos apresentados a mais homens misteriosos, além do rapaz da noite anterior, que se apresenta como Calvin Elder, temos um sujeito baixinho e outro grandão  todo enfaixado, bem misterioso.

Depois de um encontro com seus amigos Pete Ross e Lana Lang, Clark vai observar os trabalhadores na colheita depois de ouvi-los falar sobre o Superman do Kansas e percebe que eles tem super poderes como os dele, Krypto está bastante agitado até que eles são pegos de surpresa pelo tal Calvin Elder, já trajado como um Superman e se apresenta como o Superman do ano 85,250 D.C.

Kal Kent, o Superman de 85,250 D.C.... do Futuro.

Kal Kent, o Superman de 85,250 D.C…. do Futuro.

Ele revela que os outros são Superman do futuro e de outras dimensões que formaram  a Tropa Superman, o baixinho é um Superman da quinta dimensão, chamado Klyzyzk Klzntplk (Nome escroto! Quem cria um personagem sem NENHUMA VOGAL no nome?) e o grandão enfaixado e o Superman Misterioso do ano de 4500, o baixinho revelou que eles formaram a tropa para caçar o Cronóvoro, uma criatura que envelhece tudo o que toca, então a criatura aparece e eles partem para a ação, pedindo para que Clark não participe.

Cronóvoro da 5° Dimensão e o anão com nome esquisito.

Cronóvoro da 5° Dimensão e o anão com nome esquisito.

Clark, não entende e diz que pode se cuidar, Kal Kent tenta impedi-lo, afirmando ser mais rápido, mais forte e ser telepata, mas e atacado por Krypto. O baixinho (que eu me recuso a escrever aquela aberração que ele chama de nome de novo) fica encarregado de pegar a criatura, Clark e Krypto tentam lutar contra Kal e o misterioso Superman está com Jonathan Kent na plantação, observando os acontecimentos a distancia. Até que, de repente, Jonathan sofre um ataque cardíaco fulminante (Cena idêntica a cena da morte do personagem no filme de 1977, olha uma homenagem ao Superman que vale ai..), Clark ouve o coração de seu pai parar de bater e desesperadamente voa para salvar o pai, em vão. Jonathan Kent está morto, sozinho na plantação e com uma Martha desesperada.  Clark discursa no funeral de seu pai, expondo tudo o que aprendeu com seu pai humano e que os valores ali aprendidos são valores que o tornaram o que ele é, um sujeito integro, com sentimentos e um homem forte com compaixão para com o próximo. Então, logo após o funeral, o jovem Clark relutantemente resolve ir embora de Smallville, Martha Kent o encoraja, dizendo que ele não é um homem do campo e que seu pai iria querer que ele fosse algo maior. Clark lamenta que não pode se despedir de seu pai.

a Tropa Superman - Pensa numa tropa Poderosa.

Funeral nunca e fácil, nem para o maior herói do mundo.

Observando a distancia, a Tropa Superman se reencontram e é revelado quem é o misterioso Superman: O Superman original, a versão mais velha do jovem Clark que estava indo embora de Smallville e que estava morrendo. Ele queria se despedir de seu pai e tornou esse um dos seus 12 Trabalhos antes de morrer. Conhecemos mais algumas versões do Superman: Uma Superwoman, um Superman dourado, o líder da tropa, e um Superman aparentemente mais novo, muito parecido com o Connor Kent. O líder da tropa entrega uma flor indestrutível de Krypton para o Superman original, como lembrança de tudo o que eles são e de tudo o que eles serão.

2880574186_eb4c86322f

Superwoman; Superman Dourado, o Líder da Tropa e um Jovem Superman.

Uma história tocante. Devo dizer que depois de ler, eu fiquei com o nó na garganta. Grant Morrison humanizou o personagem de forma genial, trazendo sentimentos de fúria, desespero, arrogância e compaixão, tudo em uma só história. Todos estes sentimento são os alicerces do Superman, um sujeito suscetível a sentimentos extremamente humanos, mesmo sendo um alienígena quase Deus. Sentimentos estes que foram moldando o personagem no decorrer dos anos e transformando-o no ícone que ele é hoje em dia. Podemos notar que o Superman em momento algum tinha a intenção de salvar o pai do ataque cardíaco, mas apenas se despedir do pai, sendo assim vemos a despedida de ambos os lados, o pai se despedindo do filho e o filho se despedindo do pai, em uma oportunidade que ele não teve na sua time-line normal. Um ciclo se fechando.

Mim Ser Bizarro

Bizarro do Superman.

Bizarro do Superman.

Quintum esta em uma de suas excursões e uma merda acontece. Ao mesmo tempo, Superman está libertando o seu devorador de sóis quando é atacado por uma orda de bizarros quase o levando para o Planeta Bizarro, que está na orbita da Terra. Um adendo, existem algumas versões diferentes do personagem Bizarro. A mais conhecida é o clone mal-formado do Superman, que tem poderes e valores equivalentes inversos ao do herói. Grant Morrison resolveu misturar as versões, a citada anteriormente e uma outra versão da era de prata em que existia um planeta Bizarro, que era quadrado e o inverso da Terra normal. Completamente habitada por bizarros, que na história, são seres sem identidade que tocam seres vivos e assumem sua aparência, mas ainda são seres bizarros.

Voltando ao assunto, devido ao ataque sofrido por Superman, alguns bizarros invadem a terra, mas especificamente Metropolis, um dos bizarros assume a persona do Superman, se tornando o Bizarro que conhecemos. A forma usada por Grant Morrison para nos mostrar o personagem e bastante interessante, aqui ele fala de uma forma querendo dizer e agindo ao contrario, ou seja, quando ele diz que não vai te fazer mal e é seu amigo, ele quer dizer que você ta fudido na mão dele. Simples assim. Superman chega para tentar botar ordem na zona que virou Metropolis, com certa facilidade, ele despacha o seu Bizarro de volta para a Terra Cubica. Quintun está em batalha contra os bizarros e descobre que o planeta Quadrado na verdade e um Devorador de Planetas que, para parecer menos ameaçador, copiou ~mais ou menos~ a terra e ataca a com um material contagioso que copia e infecta o alvo, se espalhando como uma infecção. Material este que é enfraquecido com o Sol Amarelo.

Planeta Bizarro, repare que ele e o completo oposto do planeta Terra, tem a forma cubica, onde são os oceanos na Terra e a superfície no planeta Bizarro e vice-versa.

Superman descobre que existe uma pessoa imune ao ataque contagioso dos Bizarros, Lombard, um funcionário do Planeta Diário, toma viagra e os Bizarros não conseguem infectá-lo. É… Viagra salvou a vida desse cara. Superman diz que não da pra recomendar que a população de Metropolis tome viagra, isso seria absurdo, o ideal seria irradiar a área do planeta que estava a noite com Sol Amarelo e enfraquecer as criaturas.. Mas como? Jimmy Olsen sugere então um espelho gigante para refletir a luz amarela. Claro, porque sugerir Viagra pra galera era impossível. Superman acha que a ideia pode dar certo e decide usar os oceanos do Planeta Bizarro para refletir a luz do Sol. A essa altura, o Planeta Bizarro esta afetando a gravidade da Terra, causando maremotos e alterando o clima. Superman então parte para o Planeta Bizarro e, com um golpe de sorte, explode uma parte da criatura devoradora de planetas, o fazendo retornar ao subverso para se recuperar, mas o herói fica preso no planeta e não consegue retornar a Metropolis, até que conhece uma pessoa que pode ajudá-lo. ZIBARRO!

Nós Fazer o Oposto

Zibarro surge explicando sua existência: 1 em cada 5 bilhões de copias sai defeituosa, que estando consciente, está condenada a viver em um mundo onde nada faz sentido. Todos os bizarros, com exceção do Zibarro, tem uma ligação com o Devorador de Planetas, e que agora ele está desenvolvendo mais criaturas a partir da memoria do Planeta, visando “acalmar” o Superman. Zibarro questiona porque Superman simplesmente não voa para fora do Planeta, mas ele explica que o espectro de luz do Sol está mudando para o extremo vermelho e que isso está tirando seus poderes. Zibarro se mostra um sujeito em busca de compreensão, sozinho e que se sente preso no planeta condenado à noite Suprema. Surge então Le-Roj… e.. um Jor-El Bizarro, alem do Le-Roj, aparece também o Flash bizarro, Lanterna Verde Bizarro e alguns personagens coadjuvantes (além de uma estatua da Mulher Maravilha tiazona fumante de 50 anos). Superman pede ajuda a Zibarro para construir uma nave que o leve de volta para a Terra.

Na Terra, Quintun e Lois estão rastreando Superman no suberverso. Quintun deixa escapar que Superman está morrendo, até então Lois não sabia e na mesma hora joga a culpa no vilão Lex Luthor, Quintun explica para Lois a sobrecarga sofrida por Superman no Sol e revela uma descoberta perturbadora no centro do Sol.

De volta ao planeta Bizarro, Superman está sofrendo com a “ajuda” das criaturas, ficando desolado e sem esperanças, além disso, Superman esta perdendo os poderes. Zibarro repara que a nave que eles estão construindo não tem lugar para dois, Superman trata de consolar o novo amigo, dizendo que o planeta Bizarro está mais inteligente e que ele foi uma criação para demonstrar isso, ele não e uma falha, e uma evolução daquelas criaturas. Então, Le-Roj surge novamente, dizendo que a hora chegou, Superman desesperado corre em direção ao foguete, Zibarro se conforma, decide que seu lugar é o Planeta Bizarro e ajuda o herói a chegar no foguete. Ao ser amarrado no foguete, o herói faz Zibarro prometer que vai contar a historia do Planeta Bizarro, e promete que um dia eles se encontrarão novamente. Superman então e enviado de volta ao planeta Terra deixando um novo amigo sozinho no planeta, mas desta vez com esperança e sabendo que finalmente tem um amigo que não seja as criatura bizarras dementes.

Dois capítulos interligados e descompromissados, não interferem diretamente no arco principal, no fim me parecia mais uma homenagem ao personagem Bizarro que esteve sempre presente nas historias do personagem, acabou lhe dando uma evolução com a criação do Zibarro. No geral, uma boa historia mostrando o herói fazendo o que sabe de melhor, dando esperança àqueles que tão pouca a tem. Mais um detalhe que sempre esteve presente na biografia do herói.

Na última parte deste interminável review, teremos os Substitutos do Superman, o Testamento do Superman e, finalmente, a Morte do Superman.

Leia aqui a primeira parte e aqui a segunda parte

flw vlw

Joseph
Amante de HQs e de seus derivados, acho o Batman um Bucha e que o melhor Coringa de TODOS OS TEMPOS e o Cesar Romero. Eu gosto do Superman casando o Jimmy Olsen com uma gorila mal humorada.
  • Cervante Ribeiro

    Lendo tudo, no desenho animado da All Star Superman não tem messas partes, infelizmente

    • Junior .

      Infelizmente mesmo. Apesar de ter adorado a animação, não me recordo bem dela, mas acho que as historias dos Bizarros e do Esquadrão Superman não estão presentes. Uma pena, pois assim teriamos uma mini-serie animada, pois seriam necessario pelo menos umas duas partes para contar essa historia. Igual fizeram posteriormente com a animação “Batman – O Cavaleiro das Trevas” Parte 1 e Parte 2.

Parceiros

Video em Destaque

Nintendo Switch