Menu

Anime & Mangá – Suas denominações no Japão

Ohayooominna (Bom dia pessoal), saudações a todos!

Meu apelido é Himura e neste meu primeiro post (espero que o primeiro de muitos). Falarei um pouco sobre animes e mangas. Entrei no mundo Otaku por meio de Cavaleiros do Zodíaco exibido na Rede Manchete nos anos 90, e a partir daí me informei mais a respeito dessa cultura assistindo outros animes, lendo mangas e revistas acessíveis na época Herói, Animax. O primeiro mangá que eu tive o prazer de ler foi Akira de Katsuhiro Otomo, pena que veio pela editora Abril espelhado. Mas mesmo assim a sensação de ler um material produzido na terra do sol nascente me encheu de orgulho.

Alguns acham que animes e mangas são todos iguais, porém no Japão existem algumas denominações que os diferenciam.  Apesar de as denominações funcionarem como um tipo de classificação etária existem outras características importantes que norteiam essa nomenclatura como veremos a seguir.

Magical Girl: mahôshôjo  ou mahoushoujo são caracterizados por garotas com poderes mágicos. Entre os animes dessa característica está um que sem duvidas é o meu favorito, Card Captors Sakura! Resumidamente nossa jovem heroína libera uma grande quantidade de cartas seladas em um livro magico, cujo guardião é o grande Kerberos, aliás Kero-chan um pequeno e fofo bichinho amarelo (não é um Pikachu!). Sua missão será selar novamente as cartas, mas por traz dessa aventura se esconde muito segredos.

Shoujo-ai ou Yuri: possui como temática o romance entre personagens femininos. Mesmo não tendo assistido nenhum Yuri realizei algumas pesquisas, inocentes, e como principais exemplos da temática temos: Bible Black e CandyBoy!

Yaoi: É um gênero de publicação que tem como foco a relações homossexuais entre homens. Pedi a uma amiga referências sobre o melhor anime desse gênero e ela me deu Gravitation como exemplo, que por sinal eu já tinha ouvido falar!

Shounen: são animes e mangas voltados para o público masculino jovem e possuimos uma infinidade de exemplos, dentre eles: Saint Seiya, Dragon Ball, YuYu Hakusho!

Saint Seiya é um anime cuja premissa inicial era bem violenta, com lutas sanguinárias, milhões de armaduras e cada uma sendo representando por um signo ou constelação, onde valia ressaltar a amizade e o sacrifício em nome dela. Seus cinco personagens principais são Shun, Ikki, Seiya, Hyoga e Shiryu que juntamente com a deusa Athena fizeram nossa infância muito melhor.

Dragon Ball é obra do nosso querido Akira Toryama e conta a história do pequeno Son Goku que embarca em uma aventura atrás de sete esferas do dragão junto com Bulma, Kuririn entre outros personagens icônicos. Devido a alguns acontecimentos Goku descobre que não nasceu no planeta terra e inicia uma busca por respostas de sua verdadeira origem.

YuYu Hakusho é um dos melhores animes que eu tive oportunidade de assistir, o primeiro episódio mostra Yusuke um adolescente brigão típico bad boy das escolas japonesas salvando a vida de um garotinho, porém esse ato de heroísmo acaba com sua morte prematura. Nem o céu nem o inferno esperavam por essa atitude que resultaria em sua morte e devido a isso oferecem a Yusuke uma segunda chance para ele voltar à vida. Assim se inicia a jornada do nosso herói como Detetive espiritual.

Seinen: animes voltados para adultos e adolescentes masculinos e na minha lista de preferidos tenho Ghost in The Shell e Black Lagoon como ótimos representantes do gênero.

Sosei: animes voltados para mulheres adultas e adolescentes. Essa modalidade tem um anime e mangá, que apesar de serem feitos para moças, eu curto demais: Usagi Drop, recomendadíssimo ^^x! Nele Daikichi, um homem de 30 anos que tinha uma vida relaxada de solteiro recebe a notícia de que seu avô morreu. Durante o velório, Daikichi conhece Rin, uma garota de 6 anos que era filha escondida do avô e que agora irá para orfanato por não ser desejada pela família. Ao saber disso, Daikichi reage contra essa decisão e acaba preferindo adotar a menina. Assim, começa a nova vida do homem desorganizado com a menina bem-educada.

Kodomo: em japonês significa criança, são voltados para crianças menores e como exemplos temos nossos queridos Hamtaros e Doraemon.

Mecha: animes caracterizados por robôs gigantes. Como ícones do gênero temos Gundam, GurrenLaggan e especialmente, claro, Evangelion!

Evangelion deu cara nova aos animes de Mechas devido a seu personagem principal não ser tão herói como os outros. Shinji Ikari teve uma vida difícil ao ser abandonado pelo seu pai quando ainda criança no mundo pós apocalípticos de Eva após o que as pessoas chamam de Segundo impacto. Alguma coisa misteriosa caiu em um dos pólos da terra criando um impacto que destruiu o planeta parcialmente. Devido a isso muitas cidades construíram instalações subterrâneas a fim de evitar ataques de seres denominados anjos que surgiram após o segundo impacto. Os humanos, encabeçados pelo pai de Shinji, desenvolveram robôs gigantes que poderiam ser pilotados apenas por crianças.  Shinji foi chamado por seu pai para ser um dos pilotos, porém ele não tinha o mínimo interesse em ser um dos pilotos dos tais Evas (robôs gigantes).

Ecchi: em japonês significa indecente. Contém humor sexual bem moderado. Exemplos muito bons dessa modalidade são: Love Hina, Elfen Lied e Golden Boy.

Hentai: em japonês significa anormal ou pervertido, usado para descrever animes pornográficos. Como exemplo temos o clássico A lenda do demônio, um hentai que passava nas madrugadas de sábado na Band conhecido pela violência e pelo erotismo. Produzida para adultos, é repleta de relações bestiais, traços grotescos e seres demoníacos. Na década de 90 o primeiro filme da série foi exibido diversas vezes pela TV Bandeirantes. Isso fez com que a produção se tornasse conhecida, mas após a censura o filme não foi mais apresentado (Me contaram eu nunca vi ^^x).

Kemono: animais. Melhor representante na minha humilde opinião seria Porco Rosso uma anime do estúdi Ghibli, meu estúdio preferido. O “Porco Rosso” é um piloto que a bordo de seu hidroavião vermelho tem muitas aventuras caçando os piratas do ar que roubam e seqüestram turistas que visitam a região. Recheado de duelos aéreos, “corridas” de hidroavião Porco Rosso é a prova que a vida de um piloto é agitada e cheia de aventuras.

 

Espero que tenham curtido e aprendido alguma coisa sobre a cultura japonesa que eu tanto amo.

 

Himura Bárbaro
Himura Barbaro, apaixonado por anime, mangá e games! Nintendista assumido... Meu lema é " No Game, No Life"

Parceiros

Video em Destaque

Nintendo Switch