Menu

E se você pudesse reparar todos erros do passado? Orange

Ohayoo minna!

O título da matéria é em parte o resumo da obra que opinarei hoje. Drama, romance, Si-Fi e shoujo (feito para meninas), são alguns dos gêneros que eu pude enxergar na animação. Tal animação que ficou a cargo do TMS Entertainment, que possui em seu currículo uma vasta coleção de bons animes, tais como; Magic Kinght Rayearth II, Lost Canvas: Saint Seiya, Detective Conan, entre outras grandes produções.

O estúdio deixa bem evidente seu potencial, cenários maravilhosamente caprichados, traços bem fluídos e muito acima da media se destacam em Orange.

E se você pudesse reparar todos erros do passado? Orange

A dublagem juntamente com a trilha sonora estão em pé de igualdade com a animação.

Tenho quase certeza pelos três primeiros episódios que esse venha a ser um grande destaque da temporada de verão, assim como previ à algum tempo atrás em Boku dake ga Inai Machi. Essa obra também pode ser encontrada em sua versão mangá distribuída pela JBC oficialmente em apenas cinco volumes.

Leia o enredo, Takamiya Naho começa a receber cartas dela mesmo há dez anos do futuro. Tendo em mãos essas cartas ela poderá reparar todos os seus erros cometidos no passado e refazer não somente seu futuro, mas também os de quem estão a sua volta. Como? Isso ainda é um mistério.

Não vou estragar as surpresas que o anime oferece contando mais sobre ele, só posso garantir que vale a pena conferir esta obra. Dica do tio Himura.

Gosto muito das aberturas e finalizações dos animes, nesse caso ambas são muito bacanas. A abertura é interpretada por Yu Takahashi, a musica é “Hikari no Hahem” e a finalização  se chama “Orange” e também é muito Kawai.

Por hoje é só pessoal, espero que se divirtam com meus textos e opiniões sinceras. E sempre que puderem dar uma força compartilhem em suas redes sociais e não esqueçam que críticas são valiosas para que eu possa continuar escrevendo.

つづく

 

Himura Bárbaro
Himura Barbaro, apaixonado por anime, mangá e games! Nintendista assumido... Meu lema é " No Game, No Life"

Parceiros

Video em Destaque

Nintendo Switch