Menu

Nova York: A Vida na Grande Cidade

Um passeio pelo cotidiano pelas mãos de um dos maiores mestres dos quadrinhos.

Will Eisner é muito provavelmente o maior nome das histórias em quadrinhos, responsável por popularizar as HQ’s e posteriormente por revolucioná-las. Numa época em que as publicações seguiam um formato padrão, Eisner inovou com técnicas de angulamento, sombreamento e enquadramento cinematográficos, que mudaram o mercado e são até hoje aclamadas. Sua maior obra, The Spirit, é considerada por muitos como a Cidadão Kane (filme que revolucionou o cinema) dos quadrinhos.tumblr_nylzyyqZRD1soccv6o4_1280

Nova York é uma coletânea de 4 Graphic Novels de Will Eisner: Nova York: A Grande Cidade; O Edifício; Caderno de Tipos Urbanos e Pessoas Invisíveis. A HQ traz pequenos fragmentos de acontecimentos cotidianos da cidade grande, o que pode parecer inocente a princípio é uma maravilhosa e aterradora viagem aos aspectos mais sutis da vida humana.

Em Nova York, Will Eisner captura como ninguém a alma da cidade, aqui não só um simples lugar habitado pelos humanos, mas um verdadeiro organismo que vive em cada pessoa. Essas histórias são compostas de aspectos simples, objetos aparentemente obsoletos e eventos cotidianos, através de pequenos contos que narram o dia a dia dos habitantes: o “tesouro” que é acumulado dia a dia nos bueiros; os muros que separam os universos de cada cidadão; o bairro antigo; os edifícios que acumulam histórias; o hidrante que serve de fonte de água; as janelas qutumblr_nylzyyqZRD1soccv6o2_1280e observam a tudo e a todos; os sonhos que são perdidos e reformulados pelo dia a dia. Nova York é um passeio pelos aspectos banais que compõe a história de uma vida.

Com relação ao aspecto gráfico, Nova York dispensa comentários, afinal a obra carrega tudo o que há de melhor em se tratando de Will Eisner. Os planos de sequenciame nto conversando uns com os outros, enquadramentos ousados (contos contados de dentro do bueiro, por vista superior, etc…) e uma riqueza sublime de detalhes: quadros que dispensam o texto pois falam por si só; quadros onde cada detalhe do fundo traz uma história paralela a principal; personagens bonitos e feios na medida necessária para parecerem reais, e esse é um dos maiores feitos de Eisner: seus personagens são extremamente realistas e cada expressão facial parece dotada de alma própria.

Nova York é uma coletânea de pequenas histórias que meche com você e a cada página te faz repensar na vida, no tempo passado, no anonimato, na efemeridade. Se a Arte Sequencial é considerada a Nona Arte (muito graças a contribuição de Eisner), Nova York é uma obra prima, uma coletânea de retalhos de histórias e experiências dos cidadãos e sua cidade!

Flecha-5_5

Ano: 2006

Roteirista: Will Eisner

Arte: Will Eisner

Selo: Will Eisner Studios, Inc

Arco: Nova York: A Grande Cidade (1981); O Edifício (1987); Caderno de Tipos Urbanos (1989); Pessoas Invisíveis (1992)

Italo
Graduando em Biologia pelo amor às variadas formas de vida e suas estratégias de sobrevivência, tenho prazeres simples como ouvir a chuva ou observar o céu noturno. Fã de música, filmes e jogos em geral, minhas maiores viagens são pelas folhas de um bom livro.

Video em Destaque

Teaser de Black Desert Mobile