Menu

Porque os “istas” existem?

Ohayooo minha!

Olá pessoal, faz um tempo que eu gostaria de dividir algumas opiniões com vocês. Hoje quero abordar um tema muito discutido entre os fãs de games. Os “istas”! Vocês consideram ser um? Pois é, eles existem e são um pé no saco. Defendem seus consoles com duas espadas nas mãos.

Há um longo tempo atrás, na era dos 16 bits (existiu dois consoles com essa capacidade e foi de longe a melhor geração na minha humilde opinião), eu me considerava um Nintendista.

Nessa época só havia duas grandes produtoras no mercado a Sega e a Nintendo. Leiam com atenção antes de me xingar, duas “grandes” produtoras de Hardware, haviam outras, mas sem muito destaque. E confesso que eu AMAVA ODIAR a Sega e seu mascote Sonic. MEU Super Mario World era infinitamente melhor, sqn! (Sempre quis usar esse “sqn” ridículo).

Mesmo naquela época Sonic tinha seu charme e, além disso, também existia outras séries da rival Sega de muita qualidade, como por exemplo, Street of Rage, Kid Chameleon, Altered Beast entre outras. Mas não importava! EU não aceitava que esses games eram melhores que os MEUS. Dizer que hoje iríamos jogar Sonic num console Nintendo era chamar pra pior que xingar a mãe e era motivo de briga entre eu e meus amigos Seguistas.

Claro que nós, Nintendistas, levamos a melhor nessa briga e atraímos mais jogos, além de nosso chip FX ser uma grande evolução e nos fazer abrir uma grande vantagem sobre a rival.

Pra quem está se perguntando que diabos e chip FX eis a resposta: “Super FX é uma tecnologia utilizada em alguns cartuchos para o console Super Nintendo (SNES) em jogos 3D como o Star Fox. Se trata de um coprocessador RISC geralmente programado para atuar como um acelerador gráfico com a função de desenhar polígonos para a memória.” By Wikipedia.

genheader-550x275

E então o que vocês acham dos “Istas” de hoje? Caixistas, Sonystas, Nintendistas ou Pcistas?

Na quinta geração, ou seja, o início da era 32 bits eu já comecei a dar sinais de que não adiantava eu ficar preso somente a um console, então pude experimentar desde o PSone com seus magníficos games, como por exemplo, Grandia, FF XII, XIII e IX! Entretanto, ainda preferia o N64 e seus clássicos SM 64, Zelda Ocarina Of Time, Star Fox 64, 007 Goldeneye, entre outras muitas IP’s inesquecíveis.

Sim! Mesmo apesar de suas limitações, do erro fatal da Nintendo em escolher cartuchos ao invés da mais atual e moderna tecnologia os CD’s eu ainda era um mega chato Nintendista!

Sexta geração: a libertação bateu a minha porta! Nintendo lança seu console de 128 bits (Uhullll, mais uma vez sqn)!

Novamente a Nintendo erra feio e me lança um aparelho com um tal de Mini-disc que nada mais era um DVD com tamanho e capacidades reduzidas de memória, a Sony destrói todos os concorrentes com seu PS2 e a Sega beira a falência com seu maravilhoso e nostálgico Dreamcast.

Tive um Dreamcast nessa época e joguei grandes títulos como Resident Evil Code Veronica, Grandia, Skies of Arcadia e o belíssimo Sonic Adventure. Ia me esquecendo da franquia mais aclamada do console, Shenmue. Mas devido a sua vida curta abandonei o console da Sega e fui para o PS2 onde deixei de vez o termo Nintendista! Apesar de ter jogado grandes e inesquecíveis títulos no Game Cube da Nintendo.

091109_20games_obs01--article_image

Dessa época até a época atual eu tenho experimentado consoles e games de quase todas as plataformas e deixei de ser um “ista” apesar de conheçer vários e vários “istas” extremamente chatos… Então, acabo por me perguntar: “Eu era chato assim?” Xesus!

Claro que tenho uma preferência pessoal, Nintendo até hoje me chama atenção mais que as outras, não pelos seus Hardwares poderosos e sim pelas IP’s icônicas. Porém, passo horas a fio jogando games de outras produtoras como a Sony e a Microsoft e não deixo de elogiar suas grandes obras.

Enfim, fico por aqui hoje e espero que tenham curtido a opinião de quem um dia já foi chato pra caralho e hoje só tem a dizer: experimentem todos os games, pois afinal, eles foram feitos e para nos divertir!

Exceto ActRaiser 2, o filho duma quenga que fez aquele game me odiava, certeza!!!

2363112-snes_actraiser2_eu

 

つづく

 

 

 

Himura Bárbaro
Himura Barbaro, apaixonado por anime, mangá e games! Nintendista assumido... Meu lema é " No Game, No Life"

Parceiros

Video em Destaque

Nintendo Switch